domingo, 12 de junho de 2016

A Cidade das Mentiras Oficiais

Diz Jornal Edição 154
Leia Agora

A Cidade das Mentiras Oficiais (PAG3)
Niterói vive neste momento um dos piores momentos da sua história. Trata-se da implantação do estado de inverdades históricas, que no futuro carecerá de revisão e restabelecimento da verdade factual. A administração municipal dos últimos quatro anos gerou tantas ficções a respeito da cidade que cabe aqui alguns alertas à população.  A prática de contar mentiras e sustenta-las faz com que a verdade se confunda e põe em risco qualquer referência ou analise sobre a cidade. Vejamos a verdade:

Efeitos da Água com Limão em Jejum (PAG4)
Ela é uma bebida simples, de baixo custo, mas de grandes propriedades curativas e ajuda a prevenir inúmeras enfermidades. Uma simples água com limão ingerida em jejum traz benefícios inimagináveis. Ela possui propriedades antivirais, antibacterianas e antimicrobianas. Duas colheres de suco de limão contem mais de 1\5 das necessidades diárias recomendadas de vitamina C, fundamental para prevenir doenças e restaurar o sistema imunológico.
Além disso, é um excelente hidratante, previne infecções e distúrbios urinários, pois funciona como detergente e purificador das vias urinárias. Melhora o trânsito intestinal, elimina gorduras indesejáveis e consequentemente auxilia na perda de peso!

Os "Crentes" Piram (PAG5)
As ondas de intolerância (racial, religiosa, sexual e de gênero) têm crescido nos últimos meses no Facebook e os recentes casos só mostram que muito desse preconceito vem de origem religiosa, primordialmente, por parte dos evangélicos. Ao pregarem valores "cristãos", na verdade segregam e disseminam ódio e repúdio a tudo o que diferente do que acreditam. É a mesma síndrome de partidos de esquerda. Tem que estar de acordo com aquele "pensamento único"; se não estiver, está errado!
Novelas, filmes, músicas e até comerciais de televisão são alvos das campanhas de boicote pregadas por líderes religiosos que se sentem muito "indignados" por estarmos no século 21, e muitas pessoas não seguirem as regras ditadas pelo "criador".

Na Terra de Odorico Paraguaçu (PAG6)
Há na cidade de Niterói um clima de expectativa quanto à futura eleição municipal. Muita gente pergunta, opina, mas se nega a participar abertamente, reservando-se ao direito festivo da inércia conveniente e subornada. Quem opina, o faz às avessas, e não se compromete. Existe por parte do executivo municipal, através dos assessores, um tom de ameaça. Se não obedecem, perdem o "dinheirinho do suborno". Eles percebem, que apesar da máquina pública disponível, (que utilizam sem nenhuma restrição ou pudor), com um invejável e inigualável "caixa de campanha", construído à surdina por todo mandato, que podem perder a eleição. Como não há sustentação ideológica, nem militância ou simpatia pelo prefeito, (poucas vezes vi um político com tanta rejeição interna), o diálogo é simplório e venal. "Eu pago e vocês obedecem!"

Não quer mais receber nossa edições envie um emial para:
criacao.dizjornal@gmail.com


Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário