quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Projeto para regulamentar motofrete é votado em Patos de Minas

 

Segunda votação será na próxima segunda-feira (21).
Mototaxitas e motofretistas devem realizar curso até o fim deste mês.

Do G1 Triângulo Mineiro

Comente agora

Um projeto para a regulamentação do motofrete foi enviado para a Câmara Municipal de Patos de Minas, no Alto Paranaíba e vai passar pela a segunda votação na próxima segunda-feira (21). O serviço de mototaxi já foi regulamentado na cidade e, segundo o presidente do Sindicato do Mototaxistas (Sindimoto), Eliomar José Pereira, todos os mais de 200 mototaxistas da cidade têm o curso exigido. Mototaxistas e motofretistas têm até o fim deste mês para realizar os cursos especializados e exigidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Eliomar afirmou que um trabalho tem sido feito para motivar os motofretistas a fazer o curso e ter a situação regularizada. “Estamos tentando mobilizar o grupo com panfletos e entrando em contato com a empresa onde eles trabalham. Desta forma, assim que tiver concluído o trabalho de votação da legislação eles estarão aptos a exercer a profissão dentro da regularidade. Como certamente a lei não será votada antes do prazo estabelecido pela resolução, último prazo para que se apresente o curso, todos já estão buscando se regularizar”, contou.

Segundo o tenente da Polícia Militar (PM), Diomásio Junio Caetano, a fiscalização vai começar a partir do dia 2 de fevereiro. “Após o curso é emitido a eles um certificado e esses dados tem que constar na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Mas os motociclistas que apresentarem o certificado para nós já é suficiente”, explicou.

Motofretistas interessados em fazer o curso podem procurar o Serviço Social do Transporte (SEST) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) na Avenida Maria Clara da Fonseca, 900, Bairro Planalto e o Centro de Formação de Condutores (CFC) União, na Rua Dona Luiza, 519.

Para ler mais notícias do G1 Triângulo Mineiro, clique em g1.globo.com/triangulo. Siga também o G1 Triângulo Mineiro no Twitter e por RSS.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário