segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Mototáxi: Sindimotos passará a atuar como empresa em Petrolina

  Paula Theotonio  

Categoria:  Cotidiano

O presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Petrolina (Sindimotos), Milton Barbosa, anunciou na manhã desta quarta-feira (16) que a antiga entidade representativa passará a atuar como empresa, focada na capacitação de profissionais. No próximo sábado (19), a instituição se reunirá no Petrolina Palace Hotel com cerca de 200 ex-sindicalizados com intuito de passar as novas diretrizes de atuação na área.

"Cessamos a luta sindical e optamos pelo mercado evoluído. Esta reunião não será aberta a todos, apenas aqueles do nosso grupo. Temos projeto que atingirá cerca de 200 pessoas, iniciando com 100 e estamos fazendo uma minuciosa escolha de profissionais, porque percebemos que ao longo do tempo as reclamações são constantes. A falta de preparo por parte de alguns é inexplicável e o número de clandestinos é absurdo. É hora de refazer o setor, priorizando o cliente - mola que sustenta a essa nova profissão", destacou. 

Em participação durante o programa Nossa Voz desta quarta-feira (16), Milton alegou que é preciso investir em treinamento – inclusive em atendimento. "Me surpreende de forma negativa como não temos mais aquela fiscalização efetiva como tínhamos antes. Mototaxista precisa se conscientizar de que ele é apenas um transportador de pessoas e como tal deve se comportar", enfatizou. 

O ex-sindicalista revelou ainda ter abandonado o movimento sindical por dois motivos: não existe mais uma pauta para justificar sua existência e os problemas que colecionou ao longo dos anos em que defendeu a causa. "O movimento não existe mais. Era pra que a lei fosse regulamentada, ela já foi e agora é evoluir no mercado. Já tive muitas dores de cabeça, cansei de pagar contas dos outros, carregar pessoas nas costas. Eu mesmo tenho pendências financeiras com isso", disse. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário