sábado, 24 de novembro de 2012

Polícia procura acusado de matar mototaxista que tentou defender uma mulher em Campo Maior

Josely trabalhava como mototaxi no Terminal Rodoviário Zezé Paz, era casado e deixou dois filhos.

Polícia pede que populares passem informações por telefone para ajudar localizar Marcelo Santo de Deus, acusado de assassinar brutalmente o mototaxista Josely da Silva Dias na zona Oeste de Campo Maior.

A polícia civil do município está em busca de informações sobre o paradeiro de Marcelo Santo de Deus, de 27 anos, acusado de matar o mototaxista Josely, de 44 anos, no final da noite da última quinta-feira no bairro São João, zona Oeste de Campo Maior.

O chefe de cartório Baker Martins afirmou que as policiais militares e civil juntamente com a Força Tática estão fazendo diligências para capturar Marcelo, no entanto ainda não se tem nenhuma informação real. Ele pede que populares possam ajudar ligando para o quartel através do 190 ou para o 1º DP, 3252 2424.

O motivo do crime teria sido porque Marcelo estaria brigando com sua namorada, identificada como Socorrinha e a vítima tentou separar. Marcelo não gostou e desferiu 27 facadas com um punhal, sendo a maioria na região do tórax.

Josely trabalhava como mototaxi no Terminal Rodoviário Zezé Paz, era casado e deixou dois filhos. Parte de seus familiares são de Teresina.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário