segunda-feira, 26 de novembro de 2012

MOC - Sindimoto trabalha para a regulamentação da profissão

O Sindimoto (Sindicato dos Mototaxistas, Trabalhadores no Transporte Individual de Passageiros, Encomendas em Motocicletas de Montes Claros), vem com força total na reivindicação da regulamentação. Quem afirma é o coordenador Geral de Convênios e Parcerias, Carlos Coelho.

Para Carlos Coelho, o Sindimoto defende a manutenção do emprego para todos. Segundo ele atualmente há em Montes Claros em torno de 8 mil trabalhadores, sendo esta, a segunda maior categoria, perdendo apenas para os comerciários.

- A expectativa é de que o município se esforce no sentido de garantir trabalho a todos os mototaxistas, motoboys e moto-frentistas que já atuam na prestação de desses importantes serviços. A direção da entidade acredita que o novo prefeito eleito, Ruy Muniz, se sensibilizará com a classe e fará a regulamentação logo que tomar posse, ressalta. No mês de fevereiro o CONTRAN – Conselho Nacional de Trânsito irá exigir dos desses trabalhadores a Resolução nº 356 que obriga os mesmos a fazerem cursos de capacitação, a usarem acessórios de seguranças, seguros individuais dentre outras exigências.

Carlos Coelho explica que uma comissão formada por membros da diretoria e alguns mototaxistas vai buscar de reunir com o prefeito Ruy Muniz, no sentido de se construir um projeto convergente entre o município e os profissionais que exercem trabalhos em motocicletas em Montes Claros.


Convênios

Outro fato importante segundo ele é que a entidade estará entregando nesse início de dezembro mais de 40 convênios, que beneficiarão diretamente os Mototaxistas, Motoboys e Moto-frentistas. Carlos conta que são várias modalidades como: desconto em postos de combustíveis, lojas de confecções, esportivas, academias, lojas de peças e acessórios para motos, clínicas médicas e Odontológicas, auto-escolas, cursos profissionalizantes, farmácias, empresas especializadas em seguro/dpvat, papelarias e clube social.

- Conseguimos ainda, pontos de confecções da carteira de sócio, que será obrigatória  para ter acesso a esses benefícios. O valor da confecção da carteira será simbólico. O objetivo desses é será de assegurar a esses profissionais e seus dependentes uma maior renda, uma vez que terão descontos especiais, acima dos normais praticados no comércio local, afirma.

A organização dos pontos de mototaxis espalhados pela cidade, com mais humanização, segurança e respeito por parte de outros condutores de veículos é outra ação em desenvolvimento.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário