quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Curso obrigatório para mototaxista tem baixa adesão em Araraquara, SP

Das mais de mil vagas gratuitas oferecidas, apenas 204 foram preenchidas.
Lei federal que obriga capacitação entrará em vigor na cidade em fevereiro.

Do G1 São Carlos e Araraquara

Comente agora

 Ainda é baixa a procura pelo curso obrigatório de qualificação profissional para os condutores de mototáxis e motofretes de Araraquara (SP). Das mais de mil vagas oferecidas gratuitamente pelo Sest/Senat, apenas 204 foram preenchidas. A legislação entra em vigor em fevereiro de 2013. Quem não fizer as aulas, será impedido de trabalhar. A Polícia Militar fará a fiscalização.

A determinação deveria ter entrado em vigor há um ano, mas foi prorrogada para que os profissionais pudessem se adaptar. A informalidade é um problema do setor. A estimativa é de que mais de 50% dos motociclistas trabalhem sem registro. E muitos dos que estão dentro da lei ainda não fizeram o curso.

“Primeiro porque o pessoal acha que a lei não vai pegar, até pela prorrogação que tem existido. Segundo, os profissionais dessa área entendem que teriam que perder dias de trabalho para fazer a qualificação. O conselho que eu dou é que as empresas que operam nessa área procurem o Sest/Senat para agilizar esses cursos, até porque já está em cima de hora”, diz Amador Bandeira, presidente do Sindicato Condutores de Veículos.
 

A coordenadora de Desenvolvimento Profissional do Sest/Senat, Flora Amália Pestana, lembra que a fiscalização deve começar no dia 2 de fevereiro do ano que vem.

“Vale ressaltar que não só os profissionais que atuam no transporte de pessoas, mas também aqueles que levam cargas e pequenas encomendas do comércio devem ter o curso para atender aos requisitos sobre segurança”, ressalta.

Curso
A especialização gratuita é obrigatória para profissionais da área e exigida por lei federal. O Sest/Senat foi credenciado para dar o curso em todo o Estado de São Paulo.

São 30 horas de formação. As aulas incluem os temas: ética e cidadania na atividade profissional, noções básicas de legislação, gestão do risco sobre duas rodas, segurança e saúde, transporte de pessoas ou transporte de cargas e prática veicular individual específica (carga ou pessoas).

Mototaxistas terão que passar por qualificação para
conseguirem trabalhar (Foto: Fabio Rodrigues/G1)

Inscrições
Para se inscrever, os interessados devem se informar nas unidades se ainda há vagas. É necessário ter idade acima de 21 anos, habilitação na categoria A por mais de dois anos, estar com a documentação em dia e não ter se envolvido em graves ocorrências de trânsito.

É necessário levar uma foto 2x2 colorida e recente, certidão original de prontuário do Detran para fins trabalhistas (retirar no Ciretran da cidade onde foi emitida a CNH ou no Poupatempo) e certidão original de distribuição criminal (retirada no fórum da cidade onde foi emitida a CNH).

Em Araraquara, o Sest/Senat fica na Avenida Antenor Elias, 1.450. Mais informações pelo telefone (16) 3336-2090.

 

Um comentário:

  1. Olá, gostaria de saber qual a situação dos mototaxistas de São José dos Campos no Vale do Paraíba, moro em Taubaté onde há muito já uso o serviço mas não encontro similar em SJC onde trabalho.

    Obrigado,
    Tiago

    ResponderExcluir