domingo, 9 de setembro de 2012

Motoboy morre em tiroteio em comício na Zona Norte


Um tiroteio no final de um comício eleitoral deixou uma pessoa morta, no início da noite de sexta-feira, 7, na Vila Yara, região do Morro Grande, entre as zonas Norte e Oeste da capital paulista. Mesmo encaminhado por testemunhas para o pronto-socorro do Hospital de Vila Penteado, o motoboy Gérson José da Rocha Silva, de 30 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

Segundo a polícia, o crime ocorreu por volta das 18h30 na altura do nº 214 da Rua São Urbano, no final do comício do vereador Antonio Goulart, do PSD, candidato à reeleição pela quarta vez. Caso seja eleito, o vereador assumirá o quinto mandato consecutivo no legislativo paulistano. Os tiros, segundo testemunhas, foram disparados por ocupantes de um Golf, de cor prata e placas CGV 3133, anotadas por quem estava próximo.

 

Em boletim de ocorrência registrado no 33º Distrito Policial, de Pirituba, não há informações sobre outras duas supostas vítimas - um homem ferido no pé e uma criança de colo atingida de raspão. Segundo o registro policial, os tiros deixaram apenas uma vítima, que morreu logo após dar entrada no pronto-socorro. Policiais militares da 2ª Companhia do 49º Batalhão realizaram buscas na região, mas nenhum suspeito foi encontrado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário