terça-feira, 7 de agosto de 2012

Serviço de mototáxi feminino só transporta mulheres

 

 

Ideia surgiu de empresária que, como usuária eventual dos serviços de mototáxistas, sentiu que ficaria mais à vontade se a motociclista fosse uma mulher


06/08/2012 - 22h05 .

Adriana Ferezim

DA GAZETA DE PIRACICABA

 

As mototaxistas estarão uniformizadas e devidamente identificadas
(Foto: Gazeta de Piracicaba )

Uma proposta diferenciada do serviço de motofrete e mototáxi começou nesta segunda-feira (6) em Piracicaba. O De Mulher Para Mulher reúne 10 mototáxistas mulheres que fazem todo o tipo de serviço de entrega rápida, mas só transportam mulheres. É o primeiro mototáxi feminino de Piracicaba e também inova ao oferecer às passageiras, toucas descartáveis para o uso do capacete.

A ideia surgiu da empresária Silvia Adriana Progeti Neme, que como usuária eventual dos serviços de mototáxistas, sentiu que ficaria mais à vontade se a motociclista fosse uma mulher e se preocupou com a higiene na hora de usar o capacete oferecido pela empresa.

'A ideia de atender somente o público feminino veio da necessidade da mulher poder usar o serviço, sem se sentir constrangida ou ocorrer qualquer tipo de problema com o marido, namorado e também para dar a ela mais sensação de segurança', disse.

Como o serviço teve início hoje, Silvia Adriana ainda não tem nenhuma cliente fixa, mas acredita que isso virá com o tempo e o conhecimento do novo negócio. 'Temos entregado cartões e contamos com motociclistas experientes. Algumas já trabalharam em mototáxis e vieram para a nossa empresa porque acreditaram no potencial'.

Uniforme

As mototaxistas trabalham todas uniformizadas e identificadas. Atendem pelo chamado do telefone ou se a mulher for pessoalmente à sede da empresa, na rua 13 de Maio, 1.237. 'Nós só iremos transportar mulheres. Já no caso de entrega de documentos, encomendas e malotes, os serviços são realizados normalmente, como qualquer outro mototáxi. Há empresas que estão dando preferência para as mulheres prestarem esse atendimento', comentou a empresária.

Por enquanto, o mototáxi feminino atende das 6 às 22 horas. 'No futuro, nosso objetivo é funcionar por 24 horas'.
O preço da corrida é o mesmo praticado no mercado, não há diferença por causa do público atendido ser somente mulheres, conforme Silvia Adriana. A tarifa mínima pelo serviço de mototáxi é de R$ 5,00. Mais informações no telefone 3927-1002.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário