sábado, 4 de agosto de 2012

Protesto de motoboys causa tumulto no trânsito do Rio de Janeiro

Protesto de motoboys causa tumulto no trânsito do Rio de JaneiroA manhã desta sexta-feira, 3 de agosto, começou agitada no centro do Rio de Janeiro, já que pelo menos 200 motociclistas resolveram fazer um protesto nas ruas, deixando o trânsitoque já é complicado em situações normais ainda mais caótico.

Segundo as informações do Centro de Operações da prefeitura do Rio de Janeiro, os manifestantes passaram pela Avenida Rio Branco, no Centro, e depois ocuparam uma das faixas da Rua Pinheiro Machado, no bairro das Laranjeiras, na altura do Fluminense, no sentido de quem vai para o bairro de Botafogo, localizado na zona sul da capital. O bloqueio do trânsito também foi registrado na Avenida 13 de Março, na entrada do túnel Santa Marta. Por conta do protesto, a orientação do Centro de Operações era de que os motoristas evitassem passar por essas regiões da cidade.

Os motociclistas que fazem a manifestação pelas ruas do Rio de Janeiro não concordam com a resolução 356 do Departamento Nacional do Trânsito, o Denatran, que adotou medidas mais duras para regularizar a profissão de motoboy em nosso país. A partir de agora, os motociclistas que trabalharem na função terão que utilizar coletes sinalizadores, além de fazer um curso de segurança que é obrigatório.

Segundo as informações fornecidas pelo Ministério das Cidades, agora quem quiser ser um motoboy precisará ter pelo menos 21 anos de idade e ter sua carteira nacional de habilitação na categoria A há pelo menos dois.

Agora, a nova legislação proíbe que combustíveis, produtos inflamáveis ou tóxicos sejam transportados por meio do motofrete. Os únicos produtos que poderão continuar a ser entregues dessa forma são o gás de cozinha e os galões de água mineral.

Aqueles motofretistas ou mototaxistas que não de adequarem as novas regras que a medida do Denatran exige poderão receber multas, além de ter a sua moto apreendida.


Enviado via iPad

Nenhum comentário:

Postar um comentário