sexta-feira, 10 de agosto de 2012

A AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DO PROFISSIONAL MOTOCICLISTA ATRAVÉS DO MÉTODO WHOQOL- BREF

Camila Schlichting, Elenize Gonçalves Cavalheiro, Cléber Tuletzki Felizzari

 

Resumo

 

Este estudo tem como objetivo geral reconhecer as alterações na qualidade de vida dos profissionais motociclistas e como objetivos específicos buscar na literatura informações sobre o que pode interferir na qualidade de vida e saúde destes profissionais, verificando quais são os ícones do questionário WHOQOL- BREF que mais afetam suas vidas e analisando as respostas e comparando-as com a literatura. Sendo assim, a eliminação ou a redução da exposição às condições de risco e a melhoria dos ambientes de trabalho para promoção e proteção da saúde do trabalhador bem como a qualidade de vida, constituem um desafio que ultrapassa o âmbito de atuação dos enfermeiros, sendo muitas vezes complexas e de alto custo, porém, em certos casos, medidas simples e pouco onerosas podem ser implementadas, com impactos positivos e protetores para a saúde do trabalhador e o meio ambiente. Diante do exposto, foi pesquisada a qualidade de vida no trabalho do profissional motociclista, bem como os estressores que prejudicam a vida desses profissionais, uma vez que se percebe a necessidade de compreender as correlações entre a adaptação no trabalho, trânsito e em meio familiar para melhor perspectiva na qualidade de vida, trazendo ao enfermeiro novas dimensões no que se refere ao cuidado, para que diante do apresentado possa atuar também na prevenção que é a melhor forma de se obter a qualidade de vida de uma população que se expõe ao risco diariamente.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário