quarta-feira, 25 de julho de 2012

Sindicato pede a regularização dos mototaxistas


Sindicato diz que mototáxis passaria de 1.600 para 600

(Fotos: Arquivo Infonet)

Enquanto Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e a Grande Aracaju já possuem o serviço de mototaxi regularizados, em Aracaju essa realidade ainda não saiu do papel. A proposta apresentada na Câmara de Vereadores de Aracaju foi considerada inconstitucional e por isso, o serviço de transporte de passageiros em motocicletas continua sendo considerado irregular.

Segundo dados do Sindicato dos Mototaxistas de Aracaju, atualmente, a cidade possui 1.600 mototaxistas (sendo que desse total, 300 são motoboys) e 35 empresas de mototáxis.

De acordo com o presidente do Sindicato, Irinaldo Santos Oliveira, a falta de regularização do serviço de mototaxista ainda é uma realidade. "A demanda é grande, mas nós estamos dependendo do poder executivo. Com a regulamentação, Aracaju poderá ter 600 mototáxis. Com essa redução de 1600 para 600 todos sairão ganhando. Sem contar que os passageiros vão ter preços reduzidos. A questão da redução dos acidentes também é importante, pois os acidentes ocorrem por conta dos motoqueiros e não dos mototaxistas, pois esses estão realizando as suas atividades de forma regular", conta.

Presidente do Sindicato, Irinaldo Oliveira

Passeando pela cidade, é possível avistar mototaxistas exercendo as atividades. Alguns deles podem ser encontrados em pontos fixos como em frente ao Banese Central e na porta dos dois shoppings da capital.

SMTT

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com o diretor de Trânsito da SMTT, Major Paulo César Paiva que informou que a fiscalização aos mototáxis sempre existiu.

O major esclareceu ainda que antes a SMTT contava com o apoio policial, mas que inúmeras foram as manifestações contrárias por partes dos mototaxistas. "Agora o agente passa apenas a autuar. A apreensão gerava transtornos já que [mototaxistas] resistiam e hostilizavam a fiscalização e a própria polícia. Na última semana contamos novamente com o apoio da polícia e voltamos a fazer apreensões. Na segunda os agentes apreenderam oito motocicletas e cinco táxis com excesso de passageiros", esclarece o major.

A próxima fiscalização realizada pela SMTT ocorrerá na quarta-feira, dia 25, às 13h em pontos diversos da cidade. O objetivo é coibir o transporte irregular de passageiros e a clandestinidade.

Por Aisla Vasconcelos


Enviado via iPad

Nenhum comentário:

Postar um comentário