segunda-feira, 23 de julho de 2012

Mototaxistas reforçam candidatura de Carlos Brito

Da Assessoria/ Ascom Carlos Brito

As direções do Sindicato dos Mototaxistas e Motoboys de Mato Grosso (Sindmotos) e da Cooperativa de Motofretistas (Coopermotos) confirmaram nesta sexta-feira (20) o apoio ao candidato do PSD para a Prefeitura de Cuiabá, Carlos Brito.

A presidente do Sindmotos, Janaína Lima, reivindicou ao social-democrata vias exclusivas para os mototaxistas em Cuiabá. “Política tem que ser para somar. Nós estamos neste grupo e vamos reivindicar melhorias para nossa categoria que mais sofre com acidentes de trânsito”, disse a dirigente sindical.

A declaração da sindicalista foi engrossada pelo presidente da Coopermotos, Josino Santos de Moraes, que defendeu melhorias para atuação dos profissionais desta área.

Carlos Britou frisou que a profissão de mototáxi é uma realidade. “São pessoas humildes e trabalhadoras e que pensam em um futuro diferente. A profissão de mototáxi está regulamentada e temos que trabalhar para melhorar as condições da categoria”, afirmou Carlos Brito.

“O que há é uma realidade e a categoria só quer uma oportunidade de renda para assumir os seus compromissos e muitos recorrem ao trabalho dos mototaxistas”, disse Brito.

O candidato a prefeito agradeceu o apoio dos mototaxistas, porém citou o desafio da campanha. “Não estamos chamando para uma festa e sim para a luta”, avisou.

Brito disse não ter problema em assumir compromissos, desde que sejam possíveis de implantar na administração pública.

O presidente do PSD de Cuiabá, deputado federal Eliene Lima, apontou que os mototaxistas estão inseridos em todos os cantos da Capital. “Estes segmentos vão trazer somatórias e esforços para a candidatura de Carlos Brito. São adesões importantes para o processo vitorioso do 55”, afirmou o parlamentar ao se referir ao número do PSD para prefeito.

O também deputado federal Homero Pereira (PSD) fez questão de informar que é um dos incentivadores da candidatura de Brito. “Campanha se faz desta forma, com a cobertura a partir das bases e não a partir das coberturas, portanto estamos no caminho correto e vamos construir este projeto e resgatar Cuiabá para os cuiabanos”, salientou.

O candidato a prefeito disse que falta uma política de respeito às pessoas. “Não dá para fazer política como se administra uma empresa privada. O lucro da política tem que ser os resultados dos índices sociais”, concluiu Carlos Brito.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário