domingo, 10 de junho de 2012

Uso de touca descartável para clientes de mototaxistas entrou no debate

/ Escrito por: Lissandro Nascimento Comentários: 0

O projeto do Deputado Estadual Odacy Amorim (PT), determinando a obrigatoriedade do uso da touca descartável nos serviços oferecidos pelos mototaxistas junto aos seus usuários, foi debatido no Programa Mesa Redonda do A Voz da Vitória, sempre às 13h da sexta-feira, pela Rádio Tabocas FM (98,5). O projeto aguarda a sanção do Governador Eduardo Campos (PSB).

Neste debate estiveram presentes o fundador da Associação dos Mototaxistas da Vitória de Santo Antão – Dilson Lira (atualmente exercendo a função de diretor na Secretaria de Defesa do Cidadão da Prefeitura da Vitória), bem como a presença do representante da Associação local da categoria, José Antônio (João Grilo).

Dilson Lira considera como válida a proposta da Assembleia Legislativa de PE, porém alerta para que o mototaxista não deva ser severamente multado caso o cliente não use. “Pois a decisão de usar a touca ou não, depende também do passageiro”, lembrou.

Em uma de suas comparações usou como exemplo casos que realmente acontecem no trânsito. “Muitas vezes o passageiro obedece a ordem de usar o capacete, mas quando o mototaxista passa a prestar atenção no trânsito, o passageiro acaba retirando o capacete, resultando em multa para o proprietário da moto”, comparou, fato que poderá ocorrer com o uso da touca. Dilson também ressaltou que não vai ser fácil para o usuário se acostumar e até propôs que se repensasse quanto a conscientização ou a penalização do passageiro, caso discorde do uso da touca descartável.

José Antônio afirmou que a Associação irá orientar aos mototaxistas a seguir rigorosamente a Lei caso seja sancionada pelo Governador. “Para que nenhum membro que faz o trabalho de mototaxi legalizado no Município sofra nenhum prejuízo caso seja penalizado”, atentou, orientando que cada um deverá providenciar suas toucas para bem servir ao usuário.

No decorrer do debate, o Dep. Odacy Amorim participou ao Vivo por telefone diretamente de Petrolina (Sertão), explicando a funcionalidade desta nova Lei. “O importante é a garantia da higienização para quem precisar usar desta modalidade de transporte, além de que valerá o esforço pela mudança cultural de comportamento, diante do ganho da melhoria da prestação deste serviço as comunidades”, justificou. O debate também contou com a participação de diversos ouvintes que se posicionaram favoráveis a esta nova medida.

Na oportunidade, Dilson Lira esclareceu quanto as placas vermelhas que estão sendo disponibilizadas aos mototaxistas em Vitória de Santo Antão, o qual se submetem a um curso e logo são contemplados com os benefícios inerentes a quem faz o uso destas. O serviço de mototaxi, segundo ele, obteve importantes avanços na sua regulamentação no Município, destacando que o esforço continua no sentido de organizar este serviço na cidade.

SAIBA MAIS:

Mototáxi, uso de touca é obrigatório

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário