quinta-feira, 14 de junho de 2012

Moto-taxistas circulam livremente em Penedo

 

Quem anda pelas ruas da cidade de Penedo, pode obervar que mesmo na clandestinidade, os moto-taxistas não se constrangem em anunciar em voz alta “moto-taxi”, “moto-taxi”. Isso pode ser observado principalmente em dias de grande movimento no comercio da cidade, principalmente no sábado, onde se concentram vizinho Caixa Econômica Federal.

Porém nos demais dias da semana a atuação dos moto-taxistas também se faz presentes, onde muitos já usam um fardamento típico, alguns com o nome Moto-taxi estampado.

Além das questões econômicas pertinentes ao tema e desconsiderando um pouco os diversos interesses por trás da questão, a exemplo de outros segmentos concorrentes, faz-se necessário uma análise profunda sobre a segurança desse transporte e o fato desses trabalhadores exercerem a função com um certo stress, não somente por estarem trabalhando de forma clandestina, mas
também por necessitarem pegar um número grande de passageiros em um curto espaço de tempo, para poderem arrecadar o dinheiro necessário para sua sobrevivência, por conta do baixo preço das corridas.

Por isso as críticas exageradas a esse serviço não resolvem necessariamente o problema e também não se pode afirmar que contribuem com o debate acerca da questão. O fato é que só se poderá cobrar segurança para essa atividade se a mesma for regida por normas. Assim pode-se afirmar que não se pode ter um meio termo, com relação a isso. Ou se proíbe e fiscaliza a proibição, ou libera e coloca em prática normas, para que o transporte de passageiro em motos, seja realizado
com requisitos de segurança, com aplicação correta das regras de trânsito e punição de seus infratores.

Por: Thiago Sobral

URL curta: http://www.correiodopovo-al.com.br/v3/?p=29230

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário