sexta-feira, 8 de junho de 2012

Caminhada pede segurança no Trânsito

7/6/2012 01:57:37

Alunos, professores, e comunidade em geral ainda estarrecidos com o grave acidente que tirou a vida de quatro correiapintenses no ultimo domingo na BR 116 km 221

Alunos, professores, e comunidade em geral ainda estarrecidos com o grave acidente que tirou a vida de quatro correiapintenses no ultimo domingo na BR 116 km 221, participaram hoje de uma caminhada silenciosa por mais segurança no trânsito. A caminhada partiu das proximidades do Posto de saúde do centro e foi em direção ao local onde aconteceu o terrível acidente. Aproximadamente 500 pessoas participaram do ato.

A manifestação Passeata do Silêncio idealizada pela professora do CENSP Cristiane de Sousa e a secretária da educação do município Lucia Raquel Ortiz foi promovida com objetivo de conscientizar a Auto Pista, concessionária que administra a rodovia, para que tome providências para dar mais segurança no local do acidente.

Segundo Lúcio Henrique de Sá instrutor de trânsito, o local é de extrema periculosidade “Faz tempo que estamos pedindo um apoio para que seja feita uma manutenção no local, isso desde quando a rodovia pertencia ao governo. O local é muito perigoso, será que são necessárias mais vítimas para que tomem providências? Na minha visão técnica de trânsito este ponto onde ocorreu o acidente, deve ser fechado até porque essa entrada nem existe, o correto seria fazer uma rotatória”.

A professora Cristiane de Sousa idealizadora da passeata, deixa sua mensagem “Nossa escola iniciou a ideia onde passamos para as secretarias e meios de comunicação, muitos nos apoiaram e realizamos esta ação siliciosa. Esta é uma manifestação para educar os motoristas como também os nossos alunos que serão motoristas no futuro”.

A secretária da educação Lucia Raquel Rodrigues Ortiz apoiou a ação “Nós fizemos o movimento não para procurar o culpado, nosso intuito é que a concessionária que administra a rodovia dê atenção a esse local. No sentido Curitiba tem várias proteções, e nesse ponto da rótula sentido a Lages nós temos visto proteções, esse não o primeiro acidente grave, já foram vários, mas, este chocou muito o município, nós como secretaria de educação mobilizamos a Policia Militar, Rodoviária, Conselhos Tutelares, Gestores Municipais e Empresas. Estamos realizando esta ação para que a autopista reveja estas entradas”. Disse.

A caminhada teve o apoio da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário