quarta-feira, 30 de maio de 2012

Matéria de Trânsito JC

TRÂNSITO Notícia da edição impressa de 30/05/2012

Capital ganhará mais 26 câmeras até setembro


De olho na Copa do Mundo, Porto Alegre ganhará até setembro mais 26 câmeras
de monitoramento de trânsito. Elas se juntarão às 61 existentes, somando no
total 87 equipamentos que auxiliam os técnicos da Empresa Pública de
Transporte e Circulação (EPTC) a gerenciar o movimento das principais
avenidas da Capital. A intenção da prefeitura de Porto Alegre é chegar aos
150 aparelhos até 2014, que também serão utilizados em parceria pela Brigada
Militar, Guarda Municipal e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Por enquanto, apenas os postes foram instalados em locais estratégicos de
Porto Alegre. Eles estão prontos para receber a fibra ótica e as câmeras,
que já foram adquiridas pela prefeitura. Segundo Daniel Silveira Costa,
gerente da Central de Monitoramento da Mobilidade da EPTC (Cecomm), a ideia
é de que não haja "ponto cego" em todo o trajeto entre o aeroporto Salgado
Filho e o estádio Beira-Rio, sede dos jogos do Mundial de 2014. Por isso, as
avenidas Castelo Branco, Farrapos e Terceira Perimetral receberão atenção
especial.

O trajeto para a Arena gremista, que pode ser um centro de treinamento,
também será monitorado. Por essa razão, foram instalados postes nas esquinas
entre as avenidas Farrapos/A.J. Renner, A.J. Renner/rua Dona Teodora e Dona
Teodora/avenida Voluntários da Pátria. "Será um importante ponto de
aglomeração de veículos, por isso a nossa preocupação", comentou Costa.

O monitoramento por vídeo da EPTC começou em 2008 em Porto Alegre e contava
com apenas 13 câmeras. Atualmente, os equipamentos são considerados
essenciais para a manutenção da segurança e fluidez do trânsito. Para se ter
uma ideia, quase 98% do controle dos semáforos da Capital é realizado de
dentro da sala do Cecomm. "Podemos modificar o tempo das sinaleiras em caso
de emergência, o que agiliza bastante, além de acionar imediatamente o Samu
e a Brigada Militar."


<http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=94649>

Nenhum comentário:

Postar um comentário