terça-feira, 8 de maio de 2012

Homens preferem carros chamativos e mulheres modelos compactos

Quem nunca se deparou com o seguinte assunto: esse carro é de homem ou de mulher? Embora as montadoras desenvolvam seus veículos pensando em ambos os sexos, alguns acabam estigmatizados como sendo mais apropriados para o público masculino ou feminino. Para ir mais a fundo nesta questão o website TrueCar.com elaborou uma pesquisa que mostra a preferência do consumidor por carros de acordo com o sexo. Uma análise rápida logo aponta que os homens preferem veículos espalhafatosos, enquanto as mulheres gostam mais de carros compactos. Segundo a pesquisa, realizada nos Estados Unidos, o automóvel com maior percentual de compra por homens é o Porsche 911 , com 88,2%. Esse público também tem um certo apreço por veículos de grande porte, não à toa nas posições seguintes aparecem as enormes picapes GMC Sierra (com 87,5% do volume adquirido por homens) e a camionetes Ford F-Series (87%). Já a montadora que mais interessa ao público masculino é a Ferrari : em 2011 de todos os veículos da marca italiana emplacados, 92,5% deles foram comprados por motoristas homens. Outras marcas no topo do ranking do “clube do bolinha” são Bentley (83,4%), Maserati (82,8%) e Porsche (76,5%), cuja participação entre os homens só não é maior por conta do Cayenne , que é o veículo da marca alemã que mais atinge as mulheres. A mulherada, por sua vez, mostra que prefere veículos pequenos, práticos e fáceis de dirigir. O modelo com maior percentual de compra feminina, de acordo com o site, é o sedã Volvo S40 , com 57,9%. Na sequência aparece o crossover Nissan Rogue (46,2%), com sua cabine “altinha”, seguido do, quem diria, conversível VW Eos (56,4%) e o Beetle (54,6%). Quanto as fabricantes preferidas das mulheres, a número 1 em 2011 foi a MINI , com 46,2% de participação. Logo depois vêm Nissan (45,7%), Kia Motors (45,6%) e Honda (45,5%). FONTE: iG Carros Leia Também: Motoristas obesos têm mais chances de morrer em acidentes Cadeirante cria carro nacional para deficientes físicos Veja quando vale a pena trocar o carro e como prolongar sua vida útil Veículo movido a hidrogênio passa no teste das ruas Crédito e renda ampliam demanda por carro mais completo

Nenhum comentário:

Postar um comentário