sexta-feira, 18 de maio de 2012

CAS discutirá 'epidemia' de acidentes de moto

 

Iara Farias Borges

Os acidentes de motocicleta serão tema de audiência pública conjunta das comissões de Assuntos Sociais (CAS) e de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) no próximo dia 29, uma terça-feira. O requerimento para o debate foi apresentado no início do semestre pelos senadores Ana Amélia (PP-RS) e Paulo Davim (PV-RN).

- De lá pra cá o noticiário só confirma a relevância do tema, pois cada vez mais morrem jovens. São fatos assustadores que tiram a vida ou deixam com seqüelas graves os acidentados – observou Ana Amélia.

A senadora reafirmou que a “epidemia de acidentes com motocicletas”, como ela definiu o problema, aumentou 1.298% a partir de 1996. Ela ressaltou que o maior número de acidentes em relação ao número de motocicletas em circulação acontece nas regiões Norte e Nordeste. A capital com maior índice de acidentes, informou, é Boa Vista (RR).

Paulo Davim observou que o número de acidentes com automóveis vem diminuindo em razão das campanhas educativas. No entanto, ressaltou, as vítimas de acidentes com motocicletas vem aumentando no Brasil. Em 2011, informou, houve aumento de 11% desse tipo de acidente em relação ao ano anterior.

- Da audiência traremos alguma solução para esse problema que já se tornou um problema de saúde publica, disse Davim.

Participarão do debate, por sugestão de Ana Amélia, o diretor da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, Dirceu Rodrigues Alves Júnior; o presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), Roberto Yoshio Akiyama; diretor-presidente da Seguradora Líder, responsável pela administração do seguro por Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), Ricardo Xavier; e os presidentes dos sindicatos dos Trabalhadores Motociclistas Profissionais (Sindimoto) se São Paulo, Aldemir Martins de Freitas, e do Rio Grande do Sul, Valter Ferreira da Silva. Por indicação do senador Paulo Davim (PV-RN), também participará do debate um representante da Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva (Sobrati).

Agência Senado

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário