sábado, 7 de abril de 2012

Prefeitura de Campo Maior faz regularmentação de mototaxistas

 


Finalmente nesta sexta-feira 30, começou oficialmente a legalização dos mototáxistas como profissionais, com a emissão dos Álvarás, pela Prefeitura Municipal que terá o acompanhamento da gerência de trânsito. A PMCM já começou a distribuição dos alvarás de funcionamento depois que o promotor Cláudio Bastos exigiu que fosse feita a fiscalização dos mototaxistas que estão legalizados para exercerem profissão. A fiscalização está sendo feita pela polícia militar, para o cumprimento da resolução de Nº 350 do Conselho Nacional de Trãnsito (CONTRAN) de 10 de junho de 2010.

Depois de se reunir com todos os mototaxistas, a gerência de trânsito planeja implantar uma padronização para a oficializar a categoria no município. De acordo com a lei, existem alguns requisitos para quem pretende exercer a profissão de motofrete. Dentre essas estão: ser membro da associação, maior de 21 anos, possuir CNH categoria “A” por pelos menos 02 anos e curso de condução de passageiro de 30 horas.

Segundo Reginaldo Costa, apenas uma minoria está com todas essas exigências em dias, “Aqueles que não possuem, estamos providenciando suas qualificações para credenciamento”, frisou o gerente de trânsito. Com a legalização do serviço, os profissionais serão microempeendedores inscritos no EI, receberão placa vermelha, uma outra placa amarela indicativa, numeração no tanque, e ainda numeração para dois capacetes.

Também estão sendo providenciandos os pontos para os mototaxistas em torno de 12 a 15 lugares, que estarão devidamente sinalizados, “Já conversei com o prefeito Paulo Martins que faz questão que os profissionais tenham locais com referência para poderem exercer sua profissão com dignidade”, argumenta Reginaldo.
A legalização da profissão também trará benefícios também para os usuários desse tipo de transporte, já que os mototaxistas precisarão passar por um curso de condução de passageiro de 30 horas/aula, a PMCM já está em contato com auto escolas de Teresina para poder diminuir os custos dos mototaxistas com essa qualificação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário