sábado, 7 de abril de 2012

Mototaxistas cobram pontos rotativos no município de Feira de Santana

 
Durante a sessão ordinária de ontem (3) namara Municipal de Feira de Santana, dezenas de mototaxistas estiveram na galeria da casa legislativa onde cobraram a implantação de pontos rotativos tanto na sede quanto nos distritos.
O presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Luiz Santana, disse que a proposta foi apresentada ao governo em agosto de 2010 e que até o momento não foi executado, mesmo os técnicos da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte, segundo o sindicalista, sinalizando com a possibilidade de tornar os pontos rotativos. “Foram instalados pontos em locais muito periféricos onde não existe segurança nem para o mototaxista e o passageiro”, afirmou.
O dirigente sindical também reclama que nos pontos localizados no centro da cidade, existem poucas vagas destinadas aos profissionais, o que não atende a demanda que procura pelo serviço. “No último mês foi realizado uma reunião do Conselho Municipal de Trânsito, onde o tema foi pautado, aprovado por unanimidade e o secretário ainda não publicou a determinação”, disse Santana.
Segundo Luiz Santana, em Feira existem cerca de 420 mototaxistas que rodam e não podem parar em nenhum ponto. “Quando o profissional para os próprios fiscais da SMTT apreendem os que têm direito de operar o transporte alternativo na cidade”, reclamou.
Fonte: Revista Mundo Moto

Nenhum comentário:

Postar um comentário