sexta-feira, 20 de abril de 2012

Londrina abre 50 vagas para mototaxistas

Interessados já podem comparecer a partir desta quinta-feira (19) na sede da CMTU, para se insrever

Redação Bonde com assessoria de imprensa

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) abre nesta quinta-feria (19) um novo edital, para incluir 50 novos mototaxistas legalizados em seu sistema operacional. Os interessados devem comparecer na sede da Companhia, localizada na rua Professor João Cândido, 1.213, até o prazo final estipulado, dia 18 de maio. O setor de protocolo funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

De acordo com o diretor de Trânsito da CMTU, Wilson de Jesus, a abertura de novas vagas é mais uma oportunidade para proceder com a atividade devidamente legalizada. "Por direito, todos devem exigir que o transporte seja efetuado com um mototaxista cadastrado. É um risco muito grande realizar uma viagem com alguém que não atende as exigências da lei", afirmou.

Ele lembrou que no último chamamento, ocorrido de 23 de janeiro a 29 de fevereiro, a procura foi baixa, sendo que das 50 vagas ofertadas, apenas 12 foram preenchidas. "Existe sempre a alegação de que a CMTU não oferece as vagas. Mas, quando se verifica o número de vagas ofertadas, com o número de interessados, é constatada uma realidade bem diferente", declarou o Wilson de Jesus.

Após apresentação de documentos, se aprovado, o interessado será informado quando deverá apresentar a motocicleta para vistoria. Sendo aprovada, deverá ser recolhida e paga a taxa de vistoria, no valor de R$ 30,38, e a emissão de carteira de condutor, de R$ 15,18. Posteriomente, os interessados serão cadastrados como mototaxistas, podendo exercer a atividades ligadas a Central de Mototáxi.

Wilson de Jesus também alertou como identificar um motoxista de acordo com a lei. "O trabalhador legalizado utiliza colete padronizado e capacete vermelho. Sua motocicleta tem capa no tanque e placa vermelha, que indica um veículo de aluguel. Ele ainda deve portar em seu colete, de forma visível, a Carteira de Condutor com foto, dados pessoais e da motocicleta, além do prazo de validade", ressaltou.

Atualmente, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) conta com 452 mototaxistas devidamente cadastrados e 55 centrais.

Pré-requisitos e documentação do veículo:

- Certificado de Registro de Veículo (CRV) licenciado no município de Londrina

- Tempo máximo de uso de cinco anos

- Documentação completa e atualizada

- Potência mínima de 125 cilindradas e máxima de 250 cilindradas

- Alça metálica traseira, na qual possa segurar o passageiro

- Cano de escapamento revestido por material isolante térmico

- Dois retrovisores

- "Mata-Cachorro" dianteiro

Pré-requisitos e documentação do Condutor:

- Avaliação psicopedagógica

- Registro Geral (RG) e CPF

- Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria "A", com pelo menos um ano de permissão

- Consulta de pontuação da CNH

- Comprovante de residência no município de Londrina

- Certidão negativa criminal (Fórum)

- Duas fotos 3x4 recentes e datadas

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário