domingo, 15 de abril de 2012

Câmara realiza audiência pública sobre Motota

xi
Escrito por Luiz Wasignton

Com o auditório lotado de mototaxistas, a Câmara de Vereadores de Juazeiro debateu em audiência pública na manhã desta quinta-feira (12), as reivindicações da categoria. Na sessão estavam presentes o presidente da Associação dos Condutores Autônomos e Profissionais, dos Moto-Boys e Mototaxistas do Estado da Bahia (ACAPMMEB) e vereador proponente, Mitonho Vargas (PT), o presidente da Associação dos Profissionais Mototaxistas e Condutores Cooperados de Juazeiro Bahia (ASCOOP Motos), Genivaldo Medrado, o prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, vereadores e secretários municipais.



A maior reivindicação da classe é o aumento da fiscalização por parte do executivo em relação aos mototaxis que não são regularizados e a ordenação dos pontos.

Mitonho cobrou do prefeito que fiscalização fosse realizada com mais ênfase. “Senhor Prefeito faça uma fiscalização efetiva e permanente. (...) Esta é a única classe que conheço que quer ser fiscalizada”. O vereador apontou também o aspecto econômico gerado pela atividade. “O Serviço gera o desenvolvimento, pois o dinheiro ganho com a atividade fica no município. Nossa atividade dá oportunidade de emprego digno e renda a quem estava fora do mercado de trabalho”.



Os vereadores presentes na audiência pública tiveram direito à fala. José Carlos Medeiros (PV) falou sobre a padronização dos pontos dos mototaxis e sobre a qualidade das ruas e vias da cidade que, segundo o edil, estão repletas de buracos. A vice-presidente do Legislativo, Valdeci Alves, Neguinha da Santa Casa (PV), parabenizou as mulheres que trabalham no serviço e o líder da oposição, vereador Alex Tanuri (PSDB), cobrou a maior participação do governo na fiscalização. Os vereadores da bancada do governo Janeleide Pereira (PSL) e Crisóstomo Lima, Zó (PCdoB), abordaram o avanço do serviço graças à provação da Lei enviada pelo executivo, mas se posicionaram a favor do aumento da fiscalização e da resolução dos problemas da categoria.



O prefeito Isaac Carvalho se comprometeu em debater os pontos da pauta e atender as reivindicações são justas, serão atendidas na medida do possível, como por exemplo, a fiscalização com apoio da Polícia Militar, a questão do valor das vistorias e da mudança na Lei no que tange o aumento da vida útil da motocicleta de cinco para sete anos. Sobre os pontos dos Mototaxistas, a Isaac afirmou que vai continuar na busca por parcerias com instituições privadas. As modificações propostas serão enviadas em projeto de Lei para uma nova votação na Câmara. De acordo com Mitonho, essa garantia era o que a classe esperava.



De acordo com o vereador e presidente da Casa, Nilson Barbosa (PTB), a Câmara cumpriu mais uma vez o seu papel e os vereadores, como representantes do povo, debateram e procuraram soluções para um assunto muito importante para a sociedade.



Zó reassume mandato na Câmara de Vereadores de Juazeiro

O vereador Crisóstomo Lima (PCdoB), Zó, que estava licenciado para comandar a Secretaria de Igualdade, Assistência Social e Cultura (Seiasc), reassumiu nesta semana mandato na Câmara Municipal de Juazeiro. A entrega da pasta foi motivada pela sua pré-candidatura a reeleição ao cargo no legislativo juazeirense e a lei eleitoral determina desincompatibilização do Executivo. Durante o período, sua vaga foi ocupada pelo suplente da coligação PR/PCdoB, Pedro Alcântara Filho (PR).

De acordo com o vereador, as expectativas para o retorno são as melhores. “Espero continuar contribuindo para o debate construtivo para a sociedade. Nosso papel é trabalhar pelos avanços que o nosso povo precisa”.



Sobre sua participação no executivo municipal, Zó fez uma avaliação positiva dos 14 meses que ficou à frente da Seiasc. O vereador falou sobre a concretização de programas como o Minha Casa, Minha Vida e o aumento dos beneficiários do Bolsa Família. “Trabalhamos pela consolidação dos projetos sociais do governo que estão transformando a vida do povo brasileiro e juazeirense. Fizemos a nossa parte”, relata.



Zó falou também sobre os embates com a oposição ao governo Isaac do qual é aliado. De acordo com o parlamentar, os embates no campo das ideias são naturais em todo parlamento e necessário para que os debates sejam suscitados pelo bem de toda à sociedade.



Medeiros critica a gestão da Saúde no município



Na sessão ordinária desta quarta feira (11), o tema do discurso do vereador José Carlos Medeiros foi à situação da saúde no município. Na tribuna, Medeiros (PV) criticou a estrutura dos postos de saúde da cidade, a falta de medicamentos nas farmácias da família e a demora na marcação das consultas. “Venho criticando a qualidade da saúde em Juazeiro. O povo continua sofrendo. Tenho visitado as farmácias da família e percebo que dos 99 medicamentos da atenção básica muitos estão em falta; dos 26 do tratamento mental também estão em falta. Os postos estão, praticamente, caindo aso pedações, as mobílias das unidades são antigas e precárias”, relata.



Durante o pronunciamento, o parlamentar discordou do colega Zó (PCdoB) que, na sessão anterior, defendeu o sistema de Saúde d município. “Parece que o vereador Zó durante esse tempo que esteve secretário esqueceu-se do papel do vereador que é fiscalizar o executivo. A saúde do município está precária. É só andar nas unidades de básicas da família para constatar o abandono e a falta de compromisso com o setor”, aponta.



O vereador destacou o período da administração do ex-prefeito Joseph Bandeira (PT) como uma dos melhores na área. “É só perguntar a população. É nítido. A gestão da saúde do governo Joseph nem se compara com essa”.



Ascom/CMJ - www.cmj.ba.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário