sexta-feira, 20 de abril de 2012

Ação Fiems inicia 1º curso gratuito de mecânico de motocicletas nas Moreninhas

Terça, 17 de Abril de 2012 - 09:29

Fonte: Da Redação
Foto: Divulgação

Aulas no período noturno pelos próximos 45 dias

Ao todo são 16 moradores da região, que terão aulas no período noturno pelos próximos 45 dias

No âmbito do Programa Ação Fiems Campo Grande, o Senai iniciou, na noite de ontem (16/04), na Associação de Moradores do Bairro Moreninha 2, o 1º curso gratuito de mecânico de manutenção de motocicletas para atender a demanda da população da região por essa qualificação profissional. Atualmente, conforme levantamento do Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), a Capital conta com um frota de 124.220 motocicletas, ciclomotores, motonetas e triciclos, representando um mercado promissor para quem atua na manutenção desses veículos.

Segundo o coordenador do Ação Fiems Campo Grande, Artur Quintella, como se trata da 1ª turma desse curso no âmbito do Programa, já é um sinal de que o Senai iniciou a diversificação da oferta de cursos profissionalizantes para atender a mais setores e, consequentemente, aos anseios da comunidade em geral. “Os alunos que concluírem o curso estarão muito bem preparados para atuar na área de mecânica de manutenção de motocicletas, pois essa capacitação está alinhada com o que há de mais moderno nesse segmento profissional, incluindo a parte tecnológica, ferramental e de equipamentos”, garantiu.

O instrutor do Senai, Lázaro Aparecido Calazans, reforça que o curso possui uma grande demanda devido ao crescimento acelerado do número de motocicletas no trânsito de Campo Grande. “É facilmente notado que, nos últimos dez anos, as motos começaram a ocupar pelo menos 50% da frota de veículos automotores da Capital e, consequentemente, a necessidade por mão de obra qualificada para a manutenção desses veículos aumentou também”, ressaltou.

O presidente da Associação de Moradores da Moreninha 2, Roberto Alcantud, garante que o início do curso é um presente para a comunidade que aguardava ansiosa pelo início dessa iniciativa do Sistema Fiems. “Insistimos em um curso na área de mecânica de motocicletas, pois era um anseio de toda a região, onde a maioria possui moto em casa. É a oportunidade de novos negócios neste setor prosperarem e os nossos moradores poderem abrir seu próprio negócio”, previu.

O curso

O instrutor do Senai informa que o curso é oferecido no período noturno, das 18h30 às 22h30, com carga horária de 180 horas/aulas e conta com uma turma composta por 16 alunos. “Cerca de 70% dos 45 dias de duração do curso é composta por aulas práticas. Nesta parte inicial, vamos apresentar toda a moto, suas partes e o motor, enquanto, em seguida, pretendemos nos aprofundar em cada componente da motocicleta, como freios, elétrica, carburador, combustível e, por fim, finalizamos com todo o funcionamento do motor”, explicou.

Para a moradora Zilene Alvez, 33 anos, que trabalha como vendedora de motocicletas em uma concessionária e é uma das duas mulheres matriculadas no curso, trata-se de uma oportunidade rara a possibilidade de fazer essa qualificação de forma gratuita. “Quero conhecer melhor o produto que vendo. Até porque, também tenho uma moto em casa e, como é um mercado em expansão, quem sabe posso montar minha própria oficina de motocicletas”, ressaltou.

Pintor há 34 anos, o morador Dorival Barbosa da Silva, 62 anos, espera mudar de profissão e trabalhar em algo que lhe de mais segurança. “Sempre gostei de mexer com ferramentas e acho que vou me dar muito bem neste setor. Quero montar meu próprio negócio também”, frisou. O morador Silvio Cesar Dutra Lopes, 26 anos, que faz o curso juntamente com o pai, disse que sempre teve o sonho de receber uma capacitação na área de mecânica de motocicletas.

“Quero muito trabalhar como mecânico de motocicletas, pois tenho certeza que vai dar certo. Finalizando o curso, eu e o meu pai pretendemos abrir uma oficina no bairro” garantiu Silvio Lopes. Já o pai dele, Inácio Lopes, 52 anos, sempre trabalhou como carpinteiro e agora está decido a mudar de rumo. “É a esperança de conseguir mudar de vida, só temos a agradecer a Fiems por essa iniciativa”, disse.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário