domingo, 25 de março de 2012

Tarifa única para mototaxistas já está em vigor








Já está em vigor no Município de Patos o novo reajuste referente à tarifa única para os serviços de mototaxistas apresentado pelo Sindicato dos Mototaxistas, Ministério Público, e a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Patos - STTRANS.





Com a legalização da nova tarifa única, fica devidamente fixado o preço para o uso dos serviços de mototaxistas, sendo representado pelo valor de R$ 3,00 (três reais), independente da distância percorrida durante a utilização do serviço.





De acordo com o presidente do sindicato dos mototaxistas de Patos, José Marcos, a nova tarifa vem viabilizar as condições de estrutura para os mototaxista que trabalham diariamente na realização do serviço. “A nova proposta evita a condição de possíveis abusos na cobrança do serviço, como também, deixa viável a condição de melhorias para quem está oferecendo a opção de deslocamento”, comentou.



Sobre a condição de redução no valor da corrida para o percurso de pequenas distâncias, José Marcos destacou que é necessária também a responsabilidade em não explorar o consumidor. “Dependendo do trajeto percorrido, o mototáxi pode se utilizar do valor compacto ao cobrado anteriormente, o que não pode é explorar o consumidor. Então é necessária também uma compreensão sobre a distância”, disse.





Já o Diretor Superintendente da STTRANS, Dineudes Possidônio, informou que estará sendo feita uma campanha publicitária orientando a população sobre a regularização da nova tarifa única. “Iremos utilizar através de informativos, carros de som, enfim, várias outras mídias, a divulgação desse novo valor, orientando dessa forma, toda população sobre esse reajuste, e claro os seus direitos”, falou.





Ainda segundo as informações de Dineudes Possidônio, é necessário que a população fique atenta as pessoas que tentem cobrar valores superiores ao fixado pela planilha do Sindicato. “Pedimos que os usuários desse tipo serviço, preste atenção no momento da corrida, de uma área para outra. É interessante anotar os dados, o número do mototáxi, evitando assim, fazer uso de um serviço irregular e que de repente venha a explorar o consumidor”, finalizou.









Fonte: Ascom



Nenhum comentário:

Postar um comentário