quarta-feira, 7 de março de 2012

Falta do capacete segue como infração mais cometida

 

Falta do capacete segue como infração mais cometida

Página Publicada em: março, 6 de 2012 as 3:57 pm. Na Categoria: Notícias

O mês de fevereiro registrou mais de 1.000 infrações de trânsito somente na capital. Segundo dados do mapa de infrações da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran), do total de 1.238 ocorrências, conduzir moto sem capacete mais uma vez assumiu a liderança, com 405 registros.

Em segundo lugar no ranking de infrações, com 295 ocorrências, está a direção de veículo sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Esse valor representa 23,82% do universo total. A terceira posição ficou por conta da condução de veículo não registrado ou devidamente licenciado, com 167 episódios.

Das 1.238 ocorrências registradas em Teresina, 954 foram enquadradas na categoria gravíssima, 71 na categoria grave, 45 na categoria média e 168 na leve. Entre as infrações leves, destaque para a condução de veículo sem os documentos de porte obrigatório, com 158 autuações.

De acordo com o diretor de Infrações do Detran, João Neto, as fiscalizações serão intensificadas mesmo com o fim do carnaval. “Somente no último fim de semana realizamos uma operação em parceria com a PM, Strans, PRF e Polícia Civil que resultou na remoção de 55 veículos para o pátio do Detran, e a orientação é para que essas ações continuem ocorrendo com regularidade”, afirmou.

O motorista que for pego cometendo uma infração gravíssima será penalizado com a perda de sete pontos na carteira mais o pagamento de multa no valor de R$ 191,52. Esse valor cai para R$ 127,68 no caso de infrações graves, R$ 85,12 para médias e R$ 53,20 para leves.

FONTE: 180 Graus

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário