terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Manifestantes fazem protesto em Luís Eduardo Magalhães pela morte da professora Marlei

Publicado:28/02/2012 07:48

Matéria Lida: 202 Vezes


Fonte Jornal O Expresso | Fotos O Expresso e blog do Sigi Vilares


Um grande grupo de manifestantes saiu no final da tarde de ontem, do bairro Santa Cruz, protestando contra a morte da professora Marlei Terezinha Pretto, ocorrida em acidente de trânsito. Em frente ao Centro Administrativo Municipal, o manifesto tomou força, com palavras de ordem, e foi acompanhado por motociclistas profissionais e carros de passeio. A manifestação ganhou fortes cores políticas e foi assistida por políticos de oposição ao Governo Santa Cruz, entre eles o vereador Alaídio Castilho e o representante da terceira via, Jaime Cappellesso. O secretário de Esportes, Valtair Fontana, pegou o microfone para fazer um breve discurso, mas depois de uma meia dúzia de palavras foi intensamente vaiado, o que o fez desistir de seu intento.


O prefeito Humberto Santa Cruz ficou impedido de receber os manifestantes, pois está em Brasília e só chega amanhã pela manhã. Mas a secretária de Saúde, Maira de Andrada Santa Cruz, garantiu que estará presente ao velório, hoje à noite, na quadra coberta do colégio Ottomar Schwengber.


Segundo fontes da própria Prefeitura, Humberto Santa Cruz ficou sabendo hoje da municipalização do trânsito, efetivada pelo DENATRAN, o que teria ocorrido na última sexta. Com a municipalização, o Prefeito poderá intervir de maneira decisiva na organização do trânsito na cidade.


Outras manifestações estão previstas. Amanhã, os sindicatos dos professores, dos funcionários públicos e o Conselho Comunitário de Apoio à Segurança farão outra passeata. Na quarta-feira, um grupo de acadêmicos de direito se reunirá na Praça da Matriz para também realizar um protesto.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário