segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Vereador quer mototáxi com taxímetro

O vice-presidente da Câmara de Vereadores de Imperatriz, Amauri Alberto Pereira de Sousa (PP), o Alberto Sousa, volta a solicitar ao prefeito Sebastião Madeira que seja encaminhada, ainda neste semestre, minuta de Projeto de Lei que regulamenta o uso de taxímetro nas motos que servem o serviço de mototáxi no município de Imperatriz.
Ele alega que a instalação do equipamento servirá de parâmetro para o usuário que utiliza o serviço de mototáxi em Imperatriz. “O que existe atualmente é uma ‘livre negociação’ entre passageiro e mototaxista, fato que culmina, vez por outra, em discussão devido ao valor que acaba sendo cobrado”, conta.
Alberto Sousa considera de suma importância a instalação do taxímetro, pois compreende que os valores das corridas serão disciplinadas pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran), após aprovação de lei específica no plenário da Câmara de Vereadores. “Essa tem sido uma reivindicação antiga dos usuários do serviço de mototáxis em Imperatriz”, assegura.
Prefeitura em Ação – Ele também observa que luta desde o começo do mandato para que seja incluído na programação do projeto “Prefeitura em Ação” o povoado Lagoa Verde. A ação beneficiará ainda os moradores dos povoados Vila Chico do Rádio, Centro Novo, Água Boa, Riacho do Meio, Km 1.700 e Km 1.200.
“Nós queremos que a prefeitura leve para essas localidades ações de infraestrutura, abertura de ruas, iluminação pública, distribuição de mudas de plantas, consultas médicas e odontológicas, atividades culturais, esporte, lazer, educação, palestras e assistência social”, frisa o parlamentar, que ressalta que o objetivo do projeto é “levar cidadania, bem-estar social e qualidade de vida aos moradores dessas comunidades da zona rural de Imperatriz”, finaliza. (Da Assessoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário