quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Motos terão área exclsuiva para esperar abertura de semáforo em SP

 

 

 

Imagens

Motociclistas paulistanos terão reservado junto aos semáforos para aguardar abertura.

 

By Equipe Sobremotos,

 

Terça, 17 Janeiro 2012


Os paulistanos vão se deparar a partir deste ano com uma espécie de "comboio" oficial de motocicletas na espera dos semáforos.

Elas terão exclusividade no "pelotão de frente" para aguardar a abertura do verde em alguns cruzamentos.

O teste será feito pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), que decidiu experimentar uma linha dupla de retenção na cidade.

A linha de retenção é a pintada no asfalto que delimita a área dos veículos e da faixa de pedestres no semáforo.

Na prática, as motos ficarão num espaço exclusivo, na linha de frente, para esperar pela abertura do sinal. Os demais veículos terão que aguardar um pouco mais para trás --obedecendo outra linha que será sinalizada, de de 2,5 m a 3,0 m de distância.

O teste será feito inicialmente ao longo de vários cruzamentos de uma avenida. Depois, se der certo, será expandido ao resto da capital.

A CET alega que há uma "zona de conflito" entre carros e motos nos semáforos, com desconforto na espera e atraso na saída do tráfego após a abertura do verde.

Afirma que a medida também tende a reduzir a invasão frequente da faixa de pedestres pelas motocicletas.

O engenheiro Sérgio Ejzenberg diz que importou esse modelo da França para testá-lo em Natal (RN), em 2008.

"Aumenta a capacidade de tráfego e a segurança. O 'assaltódromo' de motos também fica inibido", diz ele, em referência a crimes praticados por motoqueiros que encostam na janela dos carros.

A CET estuda ainda proibir a circulação de motos em túneis --por avaliar que há mais acidentes nesses pontos.

Prepara também um estudo sobre rotas alternativas para motociclistas em vias de alta periculosidade, que serão desaconselhadas para esses veículos --por terem presença excessiva de caminhões ou de ônibus.

Entre essas vias estão Rebouças, Radial Leste, Estado e Salim Farah Maluf.

Foto: Divulgação

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário