segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Autarquia Municipal de Trânsito promete maior fiscalização

A Autarquia Municipal de Transito e Transporte pretende ampliar a fiscalização aos Moto-taxistas em 2012 - atividade que ainda não é regulamentada na cidade
 

Credito: Arquivo JM Credito:  Arquivo JM
De acordo com a Polícia Militar, a atividade Moto-táxista está relacionada à de motoboy: os motociclistas retiram a caixa e utilizam a moto para transportar passageiros
Apertar o cerco e combater a atividade de moto-táxi: esse é um dos principais objetivos da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte de Ponta Grossa, segundo o presidente do órgão, José Edimir de Paula. Ele diz que, além de fazer o combate à atividade - que embora haja uma lei federal, ainda não foi regulamentada em Ponta Grossa -, a intenção é reduzir os acidentes com esse tipo de meio de transporte, através da fiscalização.
“Queremos fazer a prevenção para evitar acidentes. Quem está irregular, parece que os atrai”, resume Edimir José de Paula. Edimir reconhece a dificuldade na identificação de quem atua em tal ramo, visto que, por não ser regulamentado, não há a identificação nas motos. “Não há nada na moto dizendo que é um moto-táxi e as pessoas dificultam a fiscalização, não dizem que estão usando um serviço desses, dizem que é um amigo. Por isso, vamos fazer o combate através da fiscalização, de anotações. Já temos algumas. Se houver repetições de pessoas diferentes e suspeitas na garupa, vamos fazer a apreensão”, esclarece.
Leia a matéria na integra no JM impresso.


Comentários para esta notícia.

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de idéias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem e seus autores obrigatoriamente deverão se identificar com o nome completo e endereço de e-mail. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas.
  • Rogério16/01/201208h26
    mais uma tentativa desastrosa da autarquia de tramites de ponta grossa! ENGOLE CAMELO E SE AFOGA COM MOSQUITO!
  • Franciel15/01/201216h46
    É para autarquia combater coisas ilegais no trânsito? Porque não começam multando os carros estacionados em locais proibidos, como por exemplo na frente do Restaurante La Gôndola, próximo ao antigo Shopping Mitaí? Ali existe uma placa de "proibido estacionar" bem na frente do restaurante, a qual é ignorada pelos clientes deste estabelecimento, que param seus carros neste local, atrapalhando consideravelmente o transito desta rua, que possui duas faixas, mas que em horários de almoço e jantar é reduzida a 1 faixa e meia, por causa da fila de carros estaconados em local proibido, cobrindo quase a faixa inteira da rua. Durante todo o comprimento dessa rua, é proibido estacionar deste lado, mas na frente do La Gôndola utilizam este espaço. Porque nada é feito e os carros continuam estacionando ali livremente?? Teria a ver com o fato do Restaurante la Gôndola pertencer à Família Mikulis? O que manda na autarquia municipal? As leis de trânsito ou as amizades políticas? Vergonhoso.
  • Danilo Ribeiro15/01/201216h47
    E os estacionamentos irregulares, e as vias usadas como pistas de corrida em Ponta Grossa, isso será resolvido? ou vai ser deixado para próximas regulamentações federais? Um local bem utilizado assim é na Rua Arnaldo Janssen em Ponta Grossa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário