domingo, 18 de dezembro de 2011

Reclamações de clientes do mercado de duas rodas na Internet


O responsável e profissional atendimento ao cliente...

Estamos chegando no ano de 2012, as empresas do setor de duas rodas, finalmente, estão começando a dar mais importância a Internet. Antes tarde do que nunca, afinal, a vida de uma organização pode estar ligada diretamente à sua presença profissional na Internet.

Depois do caso da Harley Davidson onde a sede nos EUA, através da Internet, ficou sabendo de inúmeras reclamações de proprietários da lendária marca insatisfeitos, e deu no que deu, a HD entrou com processo na justiça brasileira e retirou a concessão da marca do Grupo Izzo, a Internet vem demonstrando, dia a dia, que ignorá-la empresarialmente, pode ser uma grande furada.

Na Internet, diferente dos meios impressos, os leitores, proprietários de motocicletas e consumidores do setor em geral tem voz! Não são apenas leitores passivos onde não podem interagir e mesmo gerar a notícia. Eles tem voz ativa e estão revolucionando a maneira como as empresas precisam dar o atendimento.

Na Internet, ainda mais agora com o crescimento da rede social (Facebook, Twitter, dentre outros), as impressões dos clientes repercutem com uma velocidade incrível, e as empresas mencionadas por esses, precisam se ater a isso e dar o devido valor que o cliente merece.

Antigamente, dava um sério problema numa moto ou produto, o cliente ficava na mão. Só podia recorrer aos orgãos de defesa do consumidor ou telefonar para os SAC das empresas. Hoje ele posta uma mensagem na rede social, envia milhares de e-mails a amigos e em 24 horas, milhares de pessoas ficam sabendo do ocorrido e interagem com a mensagem.

Por outro lado, as empresas precisam trabalhar profissionalmente e com seriedade com a Internet, abrindo um canal de comunicação com seus clientes, e se manifestar na Internet, quando é citada num problema que foi disseminado na rede.

Essa semana que passou uma proprietária brasileira de uma moto de marca européia divulgou um sério problema que teve em sua motocicleta em pleno Deserto de Atacama, a qual teve princípio de incêndio, e a motociclista não teve o atendimento esperado por parte da empresa. Em menos de 48 horas, mais de 4000 motociclistas ficaram sabendo do ocorrido. Provavelmente você que está lendo essa notícia, ficou sabendo do problema e do nome da empresa envolvida. 

Sr. Empresário do setor de duas rodas, agora, mais do que nunca, você precisa ter muito cuidado e dar atenção redobrada a qualidade do seu produto, serviço e principalmente ao atendimento ao cliente, quando ocorre um problema. Caso contrário, saiba que através da Internet a imagem da sua empresa será negativada e acredite, isso pode gerar grandes prejuízos financeiros para sua organização.

Fonte: Texto por Policarpo Jr - RockRiders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário