segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Polícia Nacional proíbe circulação de moto-taxis sem documentação


Lobito – O comandante municipal da Polícia Nacional, no Lobito, província de Benguela, Gabriel Capusso, afirmou que a corporação vai apreender todos os moto-taxis vulgo “cupapatas” em circulação sem documentação (licença) nem capacetes protectores.



Falando no encontro com jovens promovido pela administração municipal, o responsável informou que noventa por centos dos acidentes rodoviários que se registam são provocados pelos moto-taxis ou cupapatas.


Segundo o responsável, "quem quer fazer o trabalho de moto-taxi deve possuir a licença de condução, livrete do veículo que conduz e o capacete de protecção” e na falta destes elementos a Polícia Nacional não dará tréguas”.

“Seremos implacáveis na tomada de medidas, sobretudo durante a quadra festiva, altura em que certos cidadãos, depois de ingerirem bebidas alcoólicas, tendam a subverter a lei e a convivência pacífica”, advertiu.


Na mesma vertente, o comandante apelou os promotores de espectáculos ou festas a anunciarem as suas actividades junto das entidades competentes sob pena de assumirem as consequências dos seus actos.


“Quem organiza uma festa tem que ser responsável por tudo que possa surgir”, responsabilizou.

Aconselhou igualmente os munícipes a denunciarem os agentes que em missão de serviço ou não ajam à margem da lei, sobretudo aqueles que fomentam a famosa Gasosa.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário