sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Sindimoto interpela fiscalização de motocicletas em Canoas e consegue liberar motos


Em uma ação do Departamento de Trânsito de Canoas e da Guarda Municipal na data de 11 de novembro de 2011, o diretor jurídico do Sindimoto, Felipe Carmona, parou seu veiculo, e interpelou os agentes de transito do município,

A FISCLIZAÇÃO do município estava efetuando Blitz, na Ru Vitor Barreto em Canoas, e aproximadamente 5º motocicletas, a maioria  de motoboys, estava sendo autuada, em razão de estarem com baú.

O diretor Jurídico, parou na Blitz, e começou a questionar o procedimento adotado pelos fiscais de trânsito, pois estavam parando apenas motoboys, e muitos, embora estivessem de colete, antena corta pipa, refletivos, estavam com baú e sem placa vermelha, o qual segundo o diretor, o município de Canoas, não poderia cobrar a alteração da categoria passageiro para carga, pois Canoas não  tem legislação municipal que regulamenta a atividade, muito menos cadastro na secretaria da fazenda da atividade, o que impede que os motociclistas se regularizem, justamente porque os CRVAs deste município requerem o alvará de autônomo ou outro documento da prefeitura.

O Sindimoto criticou além do procedimento  adotado pelos agentes, a postura dos CRVAs que estão desrespeitando a norma estadual do DETRAN, impedindo que este profissionais possam trabalhar de forma digna, bem como o Sr. Prefeito Jairo Jorge que esta sendo omisso na regulamentação da atividade.

O Sindimoto, através dos demais diretores de Porto Alegre, efetuaram contato com o secretario de  trânsito do município e também aos órgãos de imprensa, que ao final estiveram por lá para fazer reportagem das barbáries que estavam sendo cometidas contra os motociclistas.

Ao final todas as motos foram liberadas,  sendo que o diretor jurídico do sindimoto, disse que  não irá medir esforços para anular as multas, daqueles que passaram antes na blitz e foram autuados, pois do momento em que o sindimoto chegou, todas motos foram liberadas, e apenas 2 motos foram autuadas por irregularidades de falta de pagamento de impostos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário