terça-feira, 1 de novembro de 2011

Mototaxistas de Uberaba passarão por curso de atualização

 

Os mototaxistas de Uberaba se reuniram na tarde desta segunda-feira (31) com o prefeito Anderson Adauto, na tentativa de encontrar uma solução para o problema da regulamentação do serviço na cidade. Entre as discussões estava a forma de concessão que deve ser feita através de leilão. Outro problema levantado pelos mototaxistas foi o pequeno número de licenças para o setor. Atualmente Uberaba conta com cerca de 1.200 profissionais, mas a legislação deve licenciar apenas 660.

Durante a reunião, o prefeito destacou que a intenção do município é achar uma solução para ambas as partes. Os mototaxistas haviam apresentado um projeto de credenciamento que foi avaliado por Adauto. Segundo o presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Sérgio Antônio Silva, a reunião foi proveitosa para a classe, que já esta tomando algumas medidas para se regularizar. “Nós protocolamos um projeto de credenciamento da classe junto à Prefeitura. Agora abrimos negociação em cima do projeto. Estamos correndo atrás dos cursos de primeiros socorros e direção defensiva, além de fazer um levantamento sobre o número de profissionais”, afirmou.

A partir desta terça-feira (1º), o Sindicato iniciará um credenciamento dos mototaxistas. Isso servirá para fazer um levantamento de quantos profissionais estão realmente trabalhando ativamente no setor, e também para buscar a melhor forma de oferecer os cursos obrigatórios de qualificação para cada um deles.

Ainda segundo o presidente do sindicato, a classe tenta negociar um aumento no número de licenças de 660 para pelo menos 800. “Estamos otimistas e vamos correr atrás de questões pendentes como os cursos”, finalizou.

Fonte: G1 / Revista Mundo Moto

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário