quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Motoboys deverão ter moto branca e usar colete específico em SP

 


29 de novembro de 2011 11h36 atualizado às 12h52

Os motoboys terão que usar coletes com faixas reflexivas e moto branca
Foto: Prefeitura de São Paulo/Divulgação

A prefeitura de São Paulo definiu as exigências para permitir o trabalho legalizado de motoboys na cidade. As regras foram publicadas no sábado em seis portarias da Secretaria Municipal de Transportes no Diário Oficial da Cidade. De acordo com as novas regras, os motociclistas que trabalham com o transporte deverão apresentar Certidão de Antecedentes Criminais e se adequar utilizando um colete próprio com sinalização e moto da cor branca.

Para se tornar motoboy profissional, a pessoa não poderá ter menos de 21 anos e terá que ter frequentado cursos de capacitação regulamentados pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Outra novidade apresentada na resolução aponta a necessidade dos motociclistas profissionais registrarem a moto como veículos de aluguel, o que indica que as motos terão placas vermelhas, como os táxis.

Cada veículo deverá obedecer ao manual de identidade criado pela prefeitura de São Paulo, que indica as normas técnicas a serem seguidas, como o uso obrigatório de itens como placa de identificação de registro de motoboy, antena protetora contra linhas cortantes, faixas reflexivas e equipamentos de proteção para as pernas.

A partir de agosto de 2012 as primeiras mudanças começam a ser obrigatórias, como o uso de coletes e faixas reflexivas. A obrigatoriedade da mudança na cor das motos está prevista para 2013.

 

Um comentário:

  1. novas regras para mototáxi, sabe o que vai mudar, vai ser mais desemprego, por que para eu poder contratar um mototaxista ele vai ter que estar dentro das leis, resumindo ele vai ter que desembolsar mais ou menos R$ 1300,00 reais para começar a trabalhar, você acha que eu vou conseguir contratar mais alguém com um custo inicial desses, fora a burocracia, 99 % dos casos os motociclista procura esta atividade por que está desempregado, vocês acham que ele vai ter condições para isso, torna-se inviável obviamente, além da pessoa analisar o fato de que ele terá que colocar sua motocicleta para trabalhar diariamente, onde já em pouco tempo teria prejuízo material, resumindo estas leis que o governo lula criou para regulamentar só ferrou a vida daqueles que dependiam deste meio para ganhar a vida, para se regulamentar na profissão o mototaxista de inicio vai ter que gastar muito, onde vocês ja viram um anúncio de emprego assim, precisa-se de funcionários, é só fazer cursos , pagar R$ 1300, reais e começar, será que somente eu e os meus mototaxistas pensam assim, por que parece que tem um monte de gente que esta cega, não estão vendo que isso vai criar mais desemprego, começando do meu mototáxi, os meus próprios mototaxistas ja disseram que se tiverem tantos custos vão procuram outra atividade, ai eu vou colocar este anúncio citado acima, aqui na frente para ver seu eu acho mais alguém , tive que eu vir aqui para falar a real situação sobre esta atividade, por que vejo pessoas que não sabem de nada dando opinião.

    ResponderExcluir