terça-feira, 15 de novembro de 2011

Arapongas sai na frente na regulamentação da atividade de mototaxistas

Arapongas sai na frente na regulamentação da atividade de mototaxistasA ação do Ministério do Trabalho é justa e importante, pois a atividade tem se mostrado uma alternativa ao desemprego, diz prefeito


Crédito: Divulgação

Credito:  Divulgação

Arapongas sai na frente na regulamentação da atividade de mototaxistas

Representantes da diretoria de Trânsito da Secretaria Municipal de Segurança de Arapongas, majores Arnaldo e Dalbem, participaram na última quarta-feira, 9, de uma reunião com o Ministério do Trabalho de Londrina, que está convocando municípios da região para discutirem a regulamentação da atividade de moto taxi, moto-frete e motoboy.

Conforme o major Arnaldo, o MT está cobrando a regularização deste tipo de atividade em todos os municípios do Norte do Paraná e mais uma vez Arapongas sai na frente, pois já conta com Lei Municipal neste sentido desde o ano de 2010, que complementa a Lei Federal 12.009. "Arapongas já cumpriu todas as etapas para a regulamentação do serviço de mototáxi e similares, através da criação de Lei municipal, cadastramento e fiscalização dos profissionais e a exigência do uso dos equipamentos de segurança e do condumoto provisório", informou o major.

Finalizando, ele destaca que até mesmo em relação ao curso de especialização instituído pela Resolução nº 350 do CONTRAN, Arapongas está adiantada, pois a partir de 1º de dezembro a Secretaria de Segurança Pública e Trânsito começará a fiscalizar seu cumprimento. Em nível Federal , o prazo vai até o dia 4 de agosto de 2012.

O prefeito Beto Pugliese comentou o fato de Arapongas estar na frente deste processo de regulamentação da atividade de moto taxi na região, justificando que o serviço é uma atividade profissional reconhecida, respeitada e crescente na maioria das cidades  brasileiras. "A ação do Ministério do Trabalho é justa e importante, pois a atividade tem se mostrado uma alternativa ao desemprego e uma forma de locomoção para população de baixa renda, e em Arapongas, ela já está regulamentada e serve de parâmetro para outros municípios", destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário