domingo, 23 de outubro de 2011

Primeiro dia de Enem gera lucro para moto taxistas

Sáb, 22 de Outubro de 2011 22:03 Adenilson Silva de Oliveira Acessos: 35

Foto - Jornal o novo estado

O primeiro dia das provas do Enem, realizado neste sábado dia 22, foi corrido para muitas pessoas. Elas não estavam atentas para o horário de início das provas, pois era o horário de Brasília que estava valendo. Mas para outras valia tudo para não chegar atrasado e nem enfrentar um trânsito de Imperatriz que estava um pouco agoniado.

Para a estudante de 21 anos, Maria das Dores, o moto taxi foi à solução para chegar a tempo para realizar da prova. Ela conta que estava muito nervosa e por isso não optou por ir dirigindo para o local do exame, “Preferi vim de moto taxi para não ficar mais nervosa por causa do trânsito e assim aproveitava para me acalmar um pouco mais”. A movimentação desses trabalhadores foi muito grande enfrente a um dos lugares de realização da prova do Enem.

O custo médio de uma corrida é de três reais, para locais mais próximos, e para lugares mais afasto do centro varia de quatro a cinco reais. Mas esse preço também varia de turno, anoite eles (moto taxi) costumam cobrar mais. “É que anda anoite é mais perigoso e mais cansativo, por isso que é um pouco mais caro”, explica Valmir Barros, moto taxista há três anos.

Os moto taxistas ficaram muito satisfeitos com o primeiro de dia do Enem e esperam que o segundo dia seja tão melhor quanto o primeiro. Para João, quatro anos na profissão, o dia foi bem lucrativo, “Hoje deu para tirar um dinheirinho bom pra poder sustentar a família e divertir um pouquinho, mas vamos ver o dia de amanhã também”.

O clima é esse de expectativa para o dia de manhã, 23, quando vai ser a realização da segunda etapa de prova do Enem.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário