terça-feira, 11 de outubro de 2011

Motoboy mata ex-mulher na frente de filho do casal

 

 

André Vieira
Do Diário do Grande ABC

Revoltado com o recebimento de intimação da Justiça para se manter afastado da ex-mulher, a quem já havia ameaçado e agredido, o motoboy Robson Muriel dos Santos, 26 anos, invadiu na manhã de ontem a casa da vendedora Beatriz da Silva Costa, 19, no Jardim Ipanema, em Santo André, e a matou com golpes de faca. O filho do casal, de apenas 3 anos, presenciou o crime.

O motoboy chegou sorrateiramente à residência onde Beatriz morava com os pais. Perto das 9h40, subindo pela laje, alcançou a janela do quarto da ex-mulher e entrou no cômodo. Depois de discutir com a jovem, de quem estava separado havia cerca de seis meses, Santos a atacou aplicando facadas no pescoço e tórax.

Quando a Polícia Militar chegou, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência já havia socorrido a vítima, que foi levada ao Hospital Estadual Mário Covas, mas não resistiu aos ferimentos.

HISTÓRICO
Temerosa e cansada das intimidações e agressões do ex-marido, Beatriz havia registrado diversas queixas contra o motoboy. Atendendo a um dos pedidos da jovem, a Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher instaurou inquérito para apurar as ameaças e comunicou a Justiça, que determinou, como medida protetiva, que Santos deveria se manter afastado da ex-mulher.

Mãe de Beatriz, a dona de casa Antonia Isabel da Silva Costa, 50, disse que o motoboy "é um homem violento", que não aceitava a separação do casal, e que já havia invadido a residência da família em outras oportunidades. "Ela tinha medo porque, mesmo separados, ele a perseguia e a atacava com agressões físicas e verbais."

Santos, que fugiu logo após assassinar a ex-mulher, está sendo procurado e responderá por homicídio. O caso foi registrado no 3° Distrito Policial, na Vila Pires.

O corpo da jovem começou ser velado ontem e será enterrado hoje pela manhã, no Cemitério do Curuçá, em Santo André.

Uma prima da vítima contou que o filho do casal descreveu o que viu dizendo "que o papai chegou sem sapato, pegou uma faca e fez assim na mamãe", enquanto movia o braço para trás e para frente, com o punho cerrado.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário