domingo, 9 de outubro de 2011

Em Serra Talhada, blitz é feita para combater mototaxistas clandestinos

Uma blitz foi realizada, nesta sexta-feira (7), em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú. O motivo: combater o trabalho informal de mototaxistas no município. Outras questões relacionadas às leis de trânsito também foram abordadas.

O posto de fiscalização foi montado na Avenida Afonso Magalhães, no Centro da cidade. O foco eram os mototaxistas que estavam trabalhando sem o cadastro da prefeitura. A profissão foi regulamentada na cidade no último mês de agosto, e que, por lei, para exercê-la é preciso ter um colete padrão e a moto devidamente equipada.

Muitos mototaxistas que estavam com outros tipos de coletes foram parados. As motos que não estavam padronizadas também. A de cor preta, por exemplo, não pode ser utilizada para atividade. O veículo tem que ser vermelho. Dos mais de 850 mototaxistas do município, apenas 700 são cadastrados. Para o presidente da associação da categoria, Antônio Santana, a blitz vai ajudar para que a situação dos profissionais melhore.

Além dos mototaxistas não cadastrados, a blitz também teve como objetivo combater as irregularidades no uso de veículos ciclomotores, como as famosas motos cinquentinhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário