domingo, 2 de outubro de 2011

Betim legaliza mototáxis

mototaxi Hoje acontece a solenidade de legalização dos mototáxis em Betim. O evento acontece no hall do Centro Administrativo João Paulo II, às 17h30, a prefeita de Betim, Maria do Carmo Lara, sancionará a lei que institui o serviço de mototáxi na cidade. Com a medida, Betim passa a ser pioneiro entre os municípios metropolitanos a regularizar o serviço, que já existe informalmente há mais de dez anos na cidade.
Segundo o presidente da Transbetim, Eduardo Lucas, após a legalização, será divulgado edital para licitação de 100 mototaxistas. Os vencedores terão permissão com duração de cinco anos prorrogáveis por mais cinco e deverão seguir uma série de critérios na prestação do serviço, como autorização para transportar apenas passageiros maiores de sete anos.
Ele adiantou alguns critérios que serão exigidos dos futuros prestadores do serviço, como idade mínima de 25 anos para o motociclista; tempo mínimo de habilitação de dois anos na categoria A; e a comprovação de propriedade do veículo, que deverá ter de 125 a 250 cilindradas, no máximo. A motocicleta só poderá circular se passar por vistoria de segurança veicular inicial e periódica, tendo no máximo três anos de uso. Os licitados receberão treinamento da Transbetim.
Histórico - O Projeto de Lei 138/11, propondo a regularização do serviço de mototáxi em Betim, é de autoria do Executivo, e foi aprovado, por unanimidade, em 30 de agosto de 2011, pela Câmara Municipal. Ele foi formulado após estudo da Transbetim avaliando o impacto dos mototaxistas na cidade e que identificou os atuais usuários desse serviço, que representam 1% da população. Foi realizada também pesquisa de opinião em que 96% dos entrevistados se mostraram favoráveis à regularização, concordando que a principal justificativa para tal seria a melhoria nas condições de segurança dos usuários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário